Sociedade

Publicado em 20/03/2017

Padre é punido por igreja por ter se vestido de “milionário da playboy” no carnaval

Na Espanha, um sacerdote extrapolou um pouco os limites e levou uma dura da igreja.

Juan Carlos Martínez, 40, se fantasiou de Hugh Hefner, dono da revista Playboy, e saiu em um desfile ao lado de dois amigos paramentados como coelhinhas. Os três montaram em uma cama colocada atrás de um jipe 4×4 e saíram pelas ruas de Cuntis, na Galícia.

A diversão era tamanha, que uma das “coelhinhas da Playboy” chegou a simular sexo com o padre durante o “passeio”. Esse tipo de festa é comum no carnaval espanhol. Mas, não pegou nada bem para o padre. Marínez pediu desculpas à comunidade pela atitude carnavalesca e foi convidado pela igreja a participar de um “retiro espiritual” para refletir sobre seu “comportamento claramente inadequado para um padre”, de acordo com o jornal “La Voz de Galicia”.

“Peço perdão àqueles que se sentiram ofendidos”, afirmou Martínez do púlpito de sua igreja, atendendo a um pedido do arcebispo de Santiago. Mas, se por um lado o padre não para de pedir desculpas, por outro sua comunidade parece não ter ligado para o incidente carnavalesco. A maioria dos fiéis está do lado do sacerdote.

“Essas coisas acontecem no carnaval. É só um pouco de diversão”, disse um fiel em entrevista ao canal de TV Antena 3. “Ele é um ótimo padre e todos nós o amamos”, completou.

Apesar de ter ficado furioso com a atitude de Martínez, o arcebispo assegurou que o padre não vai sofrer mais nenhum outro tipo de consequência.

Fonte: UOL






Back to Top ↑