Arte

Publicado em 27/06/2014

Neymar de areia e esculturas gigantes viram atração em subsede da Copa

Uma exposição de esculturas de areia tem chamado a atenção de moradores e turistas que passam pela Praia do Gonzaga, em Santos, no litoral de São Paulo. Neymar, Fuleco, Museu Pelé e outros temas ligados à Copa do Mundo e às seleções de México e Costa Rica, hospedadas na cidade, estão presentes nas obras colocadas na Praça das Bandeiras, uma das principais do município. Chuteiras e bolas gigantes também estão expostas.

Os responsáveis pelas esculturas de areia são os artistas Márcio Santhos e Allan Rosa. Santhos conta que trabalhou cerca de um dia em cada obra e afirma estar feliz pelo reconhecimento. “Nós começamos fazendo tartarugas, tubarões, e as pessoas sempre param para nos elogiar. A escultura que nos deu mais trabalho foi a do Museu Pelé. Além de ser bem grande, tem muitos detalhes”, explica.

Além das esculturas de areia, chuteiras e bolas enormes, fornecidas pelo Governo do Estado e pintadas por crianças da rede pública, foram colocadas no início da Copa do Mundo próximo aos hotéis onde as seleções se hospedam. O turista chileno Claudio Muños, que não está no Brasil para os jogos do Mundial, gostou das pinturas. “Está muito bonito, estou aqui a passeio e é bom esse clima de Copa”, diz.

As obras de arte não encantam apenas os turistas. O administrador de empresas José Alfredo Martins, que passava pelo local e mora em Santos, aproveitou para tirar fotos ao lado das esculturas. “Estou indo para o trabalho, mas vou tirar algumas fotos para mostrar aos meus filhos. Depois, trago eles para fotografar também”, comenta.

Segundo a Secretaria de Cultura de Santos, as esculturas devem permanecer na praia da cidade até o fim da Copa do Mundo. Guardas municipais foram deslocados para cuidar das obras e cavaletes da prefeitura isolam a área.

Fonte: G1






Back to Top ↑