Sociedade

Publicado em 10/10/2016

Companhia aérea decide criar área livre de crianças em seus aviões

A empresa de baixo custo IndiGo, da Índia, resolveu criar uma “área livre de crianças” em seus aviões. A zona premium das aeronaves não aceitará crianças com menos de 12 anos nos seus assentos, segundo noticiou o “Hindustan Times”.

A medida caiu nas graças das redes sociais.

“Por favor, tragam logo esse conceito para os EUA”, escreveu no Twitter Marisa Tacoma.

“Concordo plenamente com #childfreeflights. Pagaria mais, com satisfação, por um assento em área separada no avião”, declarou o usuário Alaisdair.

Mas há quem discorde da decisão da IndiGo, principalmente os que têm filhos.

“Essa política é discriminatória”, disse Anshuman Sinha.

“Quando uma empresa aérea cria #childfreeflights ela está dizendo que o conforto dos adultos é mais importante que crianças explorando o mundo”, protestou no Twitter K Raine Walker.

A empresa se defendeu dizendo que essa zonas exclusivas são destinadas a passageiros em viagem de negócios que precisam de calmaria para trabalhar a bordo.

Fonte: O Globo






Back to Top ↑