Saúde

Publicado em 19/08/2014

Amigo do criador do “desafio do balde de gelo” morre afogado nos EUA

Um amigo do homem que inspirou o “desafio do gelo” morreu afogado no sábado, algumas horas após ter arrecadado US$ 100 mil para a pesquisa e tratamento da Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), também conhecida como Doença de Lou Gehrig.

Corey Griffin, de 27 anos, pulou do telhado de um imóvel em Nantucket, Massachusetts (EUA), em direção ao mar. Segundo o departamento de polícia da cidade, após o salto, ele teria ressurgido à superfície, mas afundou, não voltando mais. Um salva-vidas o resgatou e a polícia tentou ressuscitá-lo, mas Griffin morreu no hospital.

Ele era amigo de Pete Frates, o ex-jogador de beisebol da faculdade Boston College, cuja família e amigos inventaram o desafio para aumentar a conscientização sobre a doença e angariar fundos para atendê-la. Frates, de 29 anos, foi diagnosticado com a doença em 2012.

O desafio mobilizou personalidades do mundo virtual como Zuckerberg e Bill Gates, ex-presidente da Microsoft, e celebridades como o jogador brasileiro Neymar e o astro português Cristiano Ronaldo.

O balde gelado é um desafio tradicional de várias campanhas de caridade norte-americana. A arrecadação para a busca da cura do ELA, também conhecida como Doença de Lou Gehrig, até o final de semana, já havia ultrapassado a marca dos US$ 13 milhões com a campanha.

Fonte: O Globo






Back to Top ↑