Sociedade

Publicado em 06/06/2017

Aluna de 16 anos é expulsa de colégio por não usar sutiã e “distrair professores”

Um conflito se estabeleceu entre alunos, pais e professores em uma escola para meninas da cidade de Kent, na Inglaterra, depois que uma garota foi mandada para casa por usar uma blusa transparente. As informações são do jornal Daily Mail

Um dos pais alegou que a estudante do sexto ano foi rejeitada das aulas sob a justificativa de ‘não usar sutiã’ e ‘distrair os professores’. A equipe da escola afirma, entretanto, que a menina foi mandada para casa por causa de ‘trajes inapropriados’ — e não pela falta de sutiã. De acordo com as regras da instituição, as alunas podem ir à escola com suas próprias roupas, desde que as peças sejam de estilo social. Entendeu-se que a garota estava usando uma blusa ‘quase transparente’

Nas redes sociais, parte da população também se manifestou. Uma das garotas da cidade de Kent se pronunciou no Twitter.

— Não acredito que meninas da escola estão sendo mandadas para casa por não usar sutiãs, ‘porque os professores ficam distraídos’.

Em solidariedade, um grupo de alunas protestou comparecendo às aulas sem sutiã. Uma delas, em entrevista ao jornal britânico Daily Mail, afirmou que o ato se deu para mostrar a gravidade da situação, já que, em reunião privada, a equipe escolar teria afirmado que a roupa da menina expulsa estaria ‘distraindo professores’.

— Em que ano estamos? Em vez de mandar as garotas pra casa, vocês deveriam expulsar os professores com problemas.

Hillary Burkett, diretora da escola, afirmou que a instituição possui um dress code profissional que se aplica a todas as alunas. “Isso garante que as estudantes mais velhas se apresentem de forma social às mais jovens, servindo como exemplos positivos. Nas raras ocasiões em que o traje é desrespeitado, pedimos que a aluna volte para casa para se vestir novamente e assegurar que os altos padrões da escola sejam mantidos”, disse.

Fonte: R7






Back to Top ↑